domingo, 18 de novembro de 2012

Zumbi conta Arena ou (As Palavras Nascem de Nossas Veias)

Há 47 anos este palco contava Zumbi através de um espetáculo dirigido por Augusto Boal, que na ocasião experimentava dramaturgicamente um sistema de cena onde atores revezavam o mesmo papel dentro do mesmo espetáculo. O Zumbi de Boal trouxe dentre outras qualidades, uma contribuição para o fomento de uma dramaturgia diferenciada e influenciada por diversas poéticas teatrais, em um resultado estético onde “NARRAR o personagem”, talvez fosse mais necessário do que “VIVER o personagem”.

O projeto NOVA DRAMATURGIA DA MELANINA ACENTUADA que agora ocupa este espaço (até 07 de abril de 2013), dialoga diretamente com o Boal de tempos atrás. Mas dessa vez coloca o objeto narrado de Arena Conta Zumbi ¹ no centro da cena, para que ele exponha, viva e construa através de suas palavras as ações que compõem a sua própria história. Em um processo inaugurado por Abdias do Nascimento (TEN²) e Ubirajara Fidalgo (TEPRON³) dramaturgos de “melanina acentuada” ao longo desses anos, assumiram a escrita, retiraram palavras de suas veias, possibilitando um diálogo de suas almas com todos os cidadãos brasileiros, em uma promoção generosa de troca e conhecimento do próximo.

Saber o que o se passa no coração do outro é de grande importância para o fomento da fraternidade. A dramaturgia dos autores apresentados neste projeto de Ocupação que visa investigar e analisar as estéticas e temáticas de dramaturgos negros (brasileiros e contemporâneos), constitui a abertura de um diálogo com todo e qualquer cidadão do mundo que aprecia o encontro. A melanina precipitada de suas peles é apenas um detalhe de localização histórica, e um mapa para se chegar à alma desses artistas da palavra, não caracterizando uma senha de acesso a essa festa teatral. Muito pelo contrário. O objetivo principal dessa investigação dramatúrgica é o encontro. Encontro das melaninas (brandas, suaves ou acentuadas) para que a partir daí possamos construir uma cena (e um mundo) cada vez melhor!

Nossa equipe deseja que vocês apreciem nossa vasta programação composta por 66 apresentações teatrais, 10 de bates e 07 leituras dramáticas de textos inéditos, e passem a conhecer um pouco mais sobre esses novos autores teatrais que tanto contribuem para o nosso teatro brasileiro.

Sejam todos bem vindos!
Aldri Anunciação
Coordenador Geral

1. Espetáculo teatral com texto de Gian francesco Guarnieri/Augusto Boal que estreou no Teatro de Arena em 1965.
2. TEN – Teatro Experimental do Negro , companhia teatral fundada na década de quarenta por Abdias do Nascimento.
3. Teatro Profi ssional do Negro criado na década de setenta por Ubirajara Fidalgo

Nenhum comentário:

Postar um comentário